Ensino

Graduação

Desenvolvemos nossas atividades de ensino os cursos de graduação em Engenharia Agronômica, Engenharia Florestal, Ciência dos Alimentos, Gestão Ambiental e Ciências Biológicas da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz".

Historicamente sedia a organização do Curso de Graduação em Ciências Biológicas da ESALQ/USP.

A idéia de se criar um Curso de Ciências Biológicas surgiu da grande expansão, no meio acadêmico esalquiano, de áreas voltadas para os conhecimentos da Biologia Aplicada e de Conservação de Ecossistemas decorrência de múltiplos fatores, especialmente a adoção de modernas correntes científicas que primam pelo uso sustentável e renovável dos recursos naturais. Somava-se a este entendimento a contínua necessidade de formação de recursos humanos preparados para atuar na área de fronteira entre os diversos campos das Ciências Agrárias e na conservação do meio-ambiente.

Objetivando concretizar esta idéia de criação de um Curso de Graduação em Ciências Biológicas na Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” formou-se, em 1998, um grupo de trabalho composto por docentes dos diversos departamentos componentes da estrutura administrativa disponível no campusApós meses de trabalho, uma proposta foi apresentada ao Conselho Técnico Administrativo (CTA) da ESALQ que determinou seu encaminhamento para análise e complementação de estudos por parte da Comissão de Graduação da ESALQ; aos 12 de fevereiro do ano de 2001, uma proposta definitiva sido foi aprovada em unanimidade naquela Comissão, sendo ratificada aos 22 de fevereiro daquele mesmo ano pela Congregação da ESALQ.

O resultado deste idealismo, somado ao trabalho empreendedor do grupo de trabalho permitiu a realização, já no ano de 2002, do primeiro concurso vestibular que levou à seleção da primeira turma de 30 alunos ingressantes ainda no ano de 2002 contando, na oportunidade, com quatrocentos e quatro candidatos inscritos. 

O Programa de Graduação em Ciências Biológicas oferece anualmente trinta vagas para o período noturno (com duração mínima de dez semestres na modalidade de Bacharelado, podendo o aluno optar por completar sua formação na modalidade Licenciatura) e tem por objetivo formar profissionais com sólidos conhecimentos nas áreas básicas tradicionais à exemplo da Botânica, Citologia, Zoologia, Genética, Ecologia, Bioquímica e Biofísica, agregando acentuado potencial de inserção em áreas de crescente interesse no mercado de trabalho, como Agrobiologia, Biotecnologia e Manejo da Vida Silvestre.

Concentra esforços nas relações dos seres humanos com o meio-ambiente, objetivando reduzir a degradação dos ecossistemas, sem deixar de observar as possibilidades de desenvolvimento econômico através do manejo ambiental e de espécies silvestres. De se ressaltar que em decorrência da tradição desta Escola na pesquisa agrícola e florestal e no reconhecimento internacional de seu quadro docente no trabalho de pesquisa biológica, o Curso de Graduação em Ciências Biológicas da ESALQ/USP apresenta características sui generis que conferem aos egressos, além da sólida e necessária formação básica, conhecimentos em áreas de concentração atualizadas às necessidades de mercado, com destaques a saber:

  • Biologia focada no desenvolvimento agrícola ou Agrobiologia: preparando um profissional apto para atuar no desenvolvimento de pesquisas, no ensino e na aplicação de conceitos e técnicas biológicas voltadas ao desenvolvimento e ao aumento da produção agrícola e dos produtos florestais. Neste contexto, podemos citar também a tendência de preparação dos discentes nos conhecimentos e, principalmente, nas técnicas voltadas à atuação em projetos de recuperação de áreas florestais e não-florestais degradadas, atuando na resolução de problemas que estão se tornando cada vez mais usuais, devido ao mosaico de paisagens resultantes das atividades antrópicas, buscando minimizar conseqüências danosas e irreparáveis ao ambiente.
  • Biologia voltada ao manejo da vida silvestre ou simplesmente Manejo da Vida Silvestre: preparando um profissional através dos modernos conceitos tocantes à exploração de recursos naturais de nossa flora e fauna e, destarte, preparando-o para participar da implementação de sistemas de exploração extensiva que favoreçam a conservação de espécies ameaçadas e a geração de renda às populações envolvidas. E neste contexto, a coerente formação deste profissional será essencial para a verificação dos padrões de distribuição e abundância das espécies silvestres (levantamento da biodiversidade para sua posterior conservação) e, assim, direcionar o manejo mais adequado, acompanhando/monitorando o ecossistema de forma a detectar eventuais problemas, apontar diagnósticos e aplicar as soluções cabíveis.
  • Biologia voltada ao desenvolvimento biotecnológico, ou Biotecnologia: dado o pioneirismo e reconhecimento das atividades de pesquisa da ESALQ/USP neste importante ramo científico que se traduz pela aplicação de processos biológicos na elaboração de produtos (através de técnicas de biologia molecular, genômica e engenharia genética), tornou-se possível o oferecimento de formação diferenciada ao discente desta Escola capacitando-o a atuar como vetor de desenvolvimento da pesquisa e ensino nesta área, inclusive com potencial de atuação em centros de pesquisa públicos e/ou privados.

Também merece destaque, dentre os objetivos a que se propõe, o programa de Licenciatura que atendendo a legislação vigente e os indicativos da Comissão Permanente de Licenciatura da USP oferece ao corpo discente a possibilidade de formação de professores em Ciências e Biologia.

Um perfil profissiográfico capaz de produzir ciência, de desenvolver e aplicar modernas técnicas, notadamente nas atividades biológicas voltadas ao desenvolvimento agrícola, biotecnológico e do manejo da vida silvestre.

 

Pos-Graduação

Sediamos o Programa de Fisiologia e Bioquímica de Plantas que teve início em 1988 e, desde então, vem formando mestres e doutores  altamente qualificados para a pesquisa e docência em Fisiologia e Bioquímica, enfatizando a compreensão dos processos fisiológicos, bioquímicos e moleculares envolvidos com o desenvolvimento vegetal.